FREGUESIA DA ATALAIA     (Página 1 de 2)        

HOME

 Vila Nova da Barquinha
 Concelho P1
 Concelho P2
 Freguesias e Lugares
 (Vila) Barquinha P1
 (Vila) Barquinha P2
 (Vila) Barquinha P3
 Atalaia P1   «---
 Atalaia P2
 Moita do Norte P1
 Moita do Norte P2
 Moita do Norte P3
 Tancos
 Praia do Ribatejo
 Castelo Almourol
 Madeiras e Limeiras

A uns  3,5 Km do centro da sede concelhia, e a uns  6 Km de Tancos

Em Portugal com o nome de Atalaia há cerca de 38 povoações, 5 casais, 7 herdades e quintas e 14 montes e Atalaias diferençadas, como por exemplo a Atalaia da Barroca.

No extinto jornal  O Moitense nº 40 ( 1939 ) lê-se: " Para diferençar-se desta enorme quantidade de Atalaias que se estendem por esse País fora,  não seria descabido dar à nossa Atalaia a designação de Atalaia do Conde visto aqui encontrarmos já uma Atalaia do Morgado ", e são sugeridos outros nomes como "Atalaia dos Mouros e Atalaia-a-Velha".

Atalaia dos Mouros
?!
Sim... é que a Atalaia foi fundada pelos Mouros, chamando-se Ata-Lãa , provavelmente como um alto ponto de vigia militar, no século XI, e a eles conquistada por D.Afonso Henriques, em 1147, mas esteve por muitos anos despovoada e só em 1315, pelo reinado de D. Dinis, com a atribuição de novo foral, se começou a desenvolver.



 


Brasão da Atalaia

População: +/- 3500*
Área: 15,7 Km2
Orago: Nª Sr.ª da Assunção.
Festa e Romaria:
Nª Sr.ª da Assunção a 15 de Agosto e Feira Franca a 20 de Janeiro.
Actividade económica: Olaria, cerâmica, artesanato, comércio cobrindo todos os ramos, farmácia, acomodação turística ( tipo Hotel Rural), manufactura de tubos de papel, trabalho em alumínio e construção de habitações.

Património: Igreja matriz, Capela do Senhor Jesus da Ajuda e Miradouro,  Quinta da Ponte da Pedra, Casa do Patriarca (Hotel Rural
Colectividades: União Desportiva Atalaiense, Grupo Columbófilo de Asas de Atalaia e Associação Cultural Atalaiense, Sociedade Instrutiva e Recreativa de Atalaia.
Utilidades públicas: Centro de Saúde, Correios, Escolas, Biblioteca, Caixa Multibanco.
Junta de Freguesia: Tel: 249 710619
Câmara Municipal: Tel: 249 720350

 
Uma fábrica de materiais de construção


A Atalaia já foi um Concelho: Ver página 2  sobre o Concelho da V. N. da Barquinha, sendo hoje uma freguesia. 
Antes e após o terramoto de 1755: O senhorio de Atalaia foi dado em 1466, por D Afonso V, a Pedro Vaz de Melo, feito Conde de Atalaia.

Em 1758, o então Prior da Atalaia refere que « Esta vila de Atalaia (Atalaya) que pertence ao Patriarcado de Lisboa, está situada em um monte distante do Rio Tejo quase meia légua (1 légua= 5 km) ao Norte, e da Corte que é a sua Capital, dezanove léguas. Foi da Coroa até ao ano de 1542 em que o Sr. Rei D. João III fez troca com o Sr. Fradique Manoel ascendente dos Exms. Srs.  Condes de Atalaia, hoje Donatários dela, dando-lhes Sua Magestade as vilas da Atalaia, Tancos, Asseiceira (Aceyceyra) , e o casal de Stª Marta com todas as suas rendas, privilégios e isenções de juro, e herdades que são muito amplas, pela vila de Salvaterra de Magos  ...  há  (peixe) sável, fataça e mugem, azeite, excelentes e muitas fontes de águas, mas pão e vinho há pouco, e muitos anos não chega para a terra  ...  ao todo, a vila  e os lugares que lhe pertencem, contem em si 602 fogos, e 1997 pessoas de confissão ...  e que a Atalaia, embora abalada pelo terramoto,  não sofreu danos notáveis nem pessoas feridas, tendo sido possível dali ver-se o clarão das labaredas do incêndio provocado em Lisboa ...
Nesta vila nasceu dos Exms Condes de Atalaia o Sr. D. José Manuel que  foi elevado à Sagrada Púrpura de Cardeal Patriarca de Lisboa...»

Alojamento

A Casa do Patriarca foi construída nos finais do séc XVI, princípios do séc. XVII. Deve o seu nome ao facto de nela ter nascido o Cardeal Patriarca D. José em 1686 (eleito Patriarca de Lisboa em 1754). Faleceu em 1758 e o seu túmulo encontra-se sob o altar-mor da Igreja Matriz de Atalaia. este edifício foi transformado num acolhedor Hotel Rural.

À esquerda tem-se o edifício da Junta de Freguesia e,
 à direita, a Capela do Senhor Jesus.

     

A Igreja Matriz (séc. XVI), vista por fora e por dentro. Monumento Nacional, desde 1926,
 dedicada a N.ª Srª da Conceição. 


TERESA SANTOS - Cantora e compositora 

Responsável, dirigente e coralista do Coro da Igreja da Atalaia. 
Várias vezes participante convidada para o Teatro Maria Matos. 

À direita, o Duo S2 em actuação, (formado por Teresa Santos e o teclista Carlos Santos) especializado em festas e casamentos.

Pode ouvi-la  na Rádio Voz do Entroncamento (Tel. 249 718 901)  e na
Rádio Antena Livre ( Abrantes Tel. 241 360 171)

Topo e Menu

Act. 1312070530 - Fim da página 1, de duas,  sobre Atalaia