FREGUESIA DE TANCOS         

HOME

 Vila Nova da Barquinha
 Concelho P1
 Concelho P2
 Freguesias e Lugares
 (Vila) Barquinha P1
 (Vila) Barquinha P2
 (Vila) Barquinha P3
 Atalaia P1
 Atalaia P2
 Moita do Norte P1
 Moita do Norte P2
 Moita do Norte P3
 Tancos   «---
 Praia do Ribatejo
 Castelo Almourol
 Madeiras e Limeiras

Entre as freguesias da Barquinha e da Praia do Ribatejo

População: +/- 600  * Área: 2,1 Km2
Orago: Nossa Senhora da Conceição (imagem ao lado)
Festa e Romaria:
Nossa Senhora da Piedade (1.ª semana de Agosto) e Festival Folclórico (Junho)
Actividade económica: Artesanato, Turismo (Vila, Castelo de Almourol e rio Tejo). Durante a época de Verão abrem Bares, esplanada e anfiteatro à beira rio.
Património: Igreja Matriz, Centro Cultural, Capela de Nossa Senhora da Piedade e Casa da Viscondessa
Colectividades: União Desportiva de Tancos, Rancho Folclórico "Os Pescadores de Tancos" e Grupo Coral de Tancos
Gastronomia: Caldeiradas e  fritadas de peixe do rio e outros pratos à base de peixes do rio:  o sável, a fataça, a lampreia e as enguias. 
Na doçaria destaca-se o doce de pão.
Junta de Freguesia:
Tel: 249 712094


Tancos teria sido fundada por cavaleiros francesas que vieram ajudar D. Afonso Henriques na luta contra os Mouros, acreditando-se que o nome Tancos seja uma deturpação de Francos (ou franceses)  mas, segundo outras versões, o nome deriva de Tabucos, povos da antiga Lusitânia, que ali se estabeleceram.

No séc. XVI,  foi um importante porto fluvial  ligando o interior a Lisboa, complementando assim a rede fluvial da Barquinha, já que o rio Tejo chegou a ser navegável até Abrantes por embarcações de médio porte.

D. Manuel atribui-lhe foral em 1517  libertando Tancos da jurisdição  da Atalaia. Foi sede de concelho até ser anexada, como freguesia, a V.N.da Barquinha que fora, entretanto, elevada a concelho (ver pág. do concelho)

O Prior de Tancos, em 1758, na sua resposta aos inquéritos paroquiais sobre os efeitos do terramoto de 1755, que pouco afectou a vila, descreve Tancos, mais ou menos, nestes termos: « A Vila está situada no declive de um pequeno monte de onde se vê a Vila de Paio de Pelle, e os Lugares de Tanquinhas,  Carregueira e Pinheiro e também, quando o tempo está bom, a vila de Santarém... tem 270 fogos ...  mil pessoas.... cobrindo uma área pequena, incultivável ...tendo por Donatário o ILLª Exª Marquês de Tancos... tem um grande pego em que podem ancorar grandes barcos, bateiras (barcos sem quilha) e batéis, há  muito peixe, como sável, muge, barbo, lampreia, saboga , boga, enguias de que se fazem pescarias das quais se paga dízima ao ILLº Exº Duque de Lafões... dizem que  nas suas terras há estanho e chumbo e, no rio, ouro...»
.


Centro Cultural
Municipal de Tancos

O Centro Cultural, está instalado na antiga Igreja da Misericórdia, de estilo renascentista e construída em 1585,

À sua frente, tem um bonito jardim, que corre ao longo do rio Tejo, com rampa de acesso a barcos, sobretudo para viagens turísticas para o Arripiado e para o Castelo de Almourol e, do lado de lá, vê-se o Arripiado e as suas duas rampas de acesso fluvial.

 



 
A visita ao Castelo de Almourol pode ser feita  não só da Praia do Ribatejo, como também a partir de Tancos em barcos de recreio, motorizados.


Corrida de barcos, noTejo


 

Carlos Vicente


Os seus desenhos e pinturas estão expostos em alguns museus e espaços lúdicos, tendo estado presente em várias exposições fora e dentro do país.

.

Sob a direcção do Maestro Pedro Alexandre Correia

Grupo Coral de Tancos

Fundado em 31 de Dezembro de 1984, pelo Maestro Helder Vitória Mação, com o objectivo de animar as festas litúrgicas da Paróquia. Posteriormente alargou o seu programa ao canto da música tradicional e popular portuguesa e deu início em 1990 à sua actividade de Coral Polífónico Misto. 

.

.

Capela de Nª Sr.ª da Piedade

O Restaurante Almourol

Esta capela, à entrada de Tancos, e em frente do Restaurante Almourol, foi edificada no século XVIII e alberga uma imagem de Nª Sr.ª da Piedade. Existiram outros templos religiosos, em Tancos, como as ermidas do Espírito Santo e de S. Baptista.

 

Igreja Matriz, dedicada a N. Sr.ª da Conceição, datada do século XVI
A entrada principal, o seu altar e vista panorâmica, vislumbrando-se ao fundo o Castelo de Almourol

      
Em Agosto faz-se a Festa do Rio e das Aldeias, envolvendo várias actividades como exposição de artesanato, música, provas desportivas e outras.

É de salientar a tradicional Procissão de N.ª Srª da Piedade de Tancos  para o Arripiado (do outro lado do rio) e a de S.Marcos do Arripiado para Tancos,  alternando de ano para ano

 

Tancos é uma Vila, de ruas floridas e edifícios bem cuidados, alguns muito antigos, tendo pontos elevados de onde se podem obter  vistas panorâmicas.

Uma bonita junção " T " de ruas. 


 Uma escola primária

TOPO

Act. 17080711859 - Fim da página  sobre Tancos